Arquivo | roma RSS feed for this section

feliz, feliz, feliz ano novo…

3 jan

DSC00576

segundo todos os atrólogos do mundo, após 3 anos de muitas dificuldades onde fomos desafiados em todos os aspectos da vida (carreira, $$, relacionamentos, saúde, amor etc) e tivemos que reconstruir nossa própria identidade,  finalmente os librianos entram numa fase com menos terremotos cotidianos!!!

posso afirmar: foi muito, muito duro mesmo!

o tal saturno não me poupou de absolutamente N-A-D-I-C-A de nada!

a crise foi tão profunda que abandonei tudo por aqui e embarquei pra roma sem nenhum conhecido, sem falar italiano e sem ter onde ficar.

me vi sozinha pela primeira vez.

me tornei generosa e recebi mais generosidade ainda!

fiz amigos de uma vida.

cuidei e fui cuidada por estranhos que se tornaram minha família.

percebi Deus ao meu lado olhando sempre por mim.

me senti livre, o mais incrível e amendrontador dos sentimentos.

me reconstruí forte e segura de quem sou eu.

também amei, amor muito além das paixões…

então voltei e fui surpreendida na dor que é voltar outra pessoa para o lugar onde habitam  seus antigos vícios e medos, e todos esperam atitudes e posturas daquela que eu não era mais eu.

inúmeros corações foram partidos, atropelados, esfacelados.

muitos quilos a menos e outros tantos desencontros comigo mesma…

mas também existiram colos amigos cheios de palavras sábias, graças a uma das minhas maiores mudanças : agora permito que os outros me consolem.

pouco a pouco tudo se tornou meu de novo e fui me sentindo em casa novamente.

meu amor pegou um avião na itália.

ainda tem tanto pra fazer, tanto a melhorar, tanto a decidir, tanto a superar…

mas é verão.

os dias são ensolarados e o mar calmo e cristalino.

o sol cai devagar no poente e me sinto finalmente em férias.

QUE VENHA 2013, FAZ 3 ANOS TE ESPERO!!

DSC00573

Anúncios

casas passadas…

22 jul

depois da correria de trabalho, finalmente sobraram alguns dias para tentar montar minha casinha…  lembrei das minhas casas passadas, da minha casa italiana, da casa da minha avó…

.

………………………………..saudades de uma casa italiana…………………………………

.

saudades da minha casa distante,

do outro lado do atlântico.

do seu cheiro de pasta no final do dia,

das conversas ao redor da mesa,

das flores artificiais pendendo entre os temperos…

saudades da minha casa distante,

das manhãs silenciosas onde o sol entrava pela terrazza

e invadia sonolento a sala,

de fazer o café com preguiça,

de dar bom dia aos gatos e cachorro

sinto saudades da minha casa distante,

dos pequenos detalhes espalhados pelos cantinhos,

pelas plantas e flores que renascem todas no primeiro dia de primavera

como se explodissem de felicidade depois do angustiante inverno

sinto saudades da minha casa distante,

das vozes animadas ecoando pela sala,

dos cuidados,

de mim,

da paz de estar só estando com tantos

assim imensa a saudade de tanto, tanto que foi vivido de tanto, tanto ser feliz…



pelo dia de ontem

13 jun

equilibristas entre o céu e o abismo

por dias e dias

no exercício diário de não

nos deixarmos despencar.

 

 

fomos felizes


à deriva no oceano

25 maio


tinha desembarcado da itália quando comecei esse desenho.

dividida em duas.

com meu corpo aqui

mas minha alma ainda por lá.

entre esses dois continentes

ora remando para roma,

ora remando para são paulo.


à deriva no oceano.

una cioccolateria di sogno…

22 jun

delicias de SAID! (imagem de http://www.flickr.com/ceciliad)

Minha amiga Karla é mexicana, ou seja, nasceu onde o chocolate foi inventado e se não bastasse recentemente morou na Suíça, produtora famosa de chocolates… Mas o que realmente conta é que esta vegetariana é aficcionada, apaixonada, louca por chocolate!

chocolates diversos espalhados em compoteiras, gavetas, baldes... (imagem de http://www.sistergirlstales.blogspot.com)

Conhece a fundo os tipos (ao leite tipo A, sem leite, com leite das vacas de tal montanha etc.), as porcentagens de cacau, as diferenças entre fabricantes, as melhores misturas (com peperoncino, com anis, com licor, com tantas coisas que nem podemos imaginar!) e os formatos (em barras, em bolinhas e inclusive em forma de ovas de caviar!). Sim, todas estas variáveis alteram o sabor de um chocolate!

trufas, bombons, sabores inimagináveis! (imagem de http://www.oliviaemarino.it)

Assim, descobri que no Brasil comemos mais açúcar do que chocolate, que possuímos pouquíssima diversidade deste e que nossos bombons são mais recheios mirabolantes do que chocolate propriamente dito. Isso sem comentar que, depois de comer o sorvete de chocolate italiano, dá vergonha dizer que o brasileiro é do mesmo sabor!

Aqui na Itália, qualquer mercadinho pequeno de bairro tem uma prateleira de barras de chocolates organizadas em filas de sabores, quantidade de cacau ou fabricantes… Neste contexto e acompanhada da Karla, estou dando meus primeiros passos no imenso universo do chocolate, já aprendi um pouco e até elegi o chocolate com sal o meu predileto!

Estes dias, seguindo recomendações da italiana chamada Roberta, fomos a uma chocolateria ao lado de casa.

entrada do SAID (imagem de http://www.oliviaemarino.it)

SAID é uma chocolataria de família de 1923. Passada de geração para geração, hoje além de fábrica e loja de chocolates também é restaurante, tudo comandado pelo neto de seu fundador.

primeiros anos de trabalho na chocolateria SAID (imagem de http://www.said.it)

puro encanto! (imagem de leo54.splinder.com)

Produtos da maior qualidade num lugar absolutamente encantador!

mar de chocolates! (imagem de http://www.sistergirlstales.blogspot.com)

Escondida numa pequena travessa da movimentada via tiburtina, o local é extremamente simples e ainda preserva as características de uma fábrica, com piso de lajota antiga, iluminação de pendentes de galpão, fiação e encanamento aparentes em alguns locais.

ares de galpão fábrica (imagem de http://www.said.it)

O charme e surpresa aparecem na decoração com antigos utensílios de chocolatarias, misturadores de cacau e açúcar, balanças, carrinhos, batedeiras… As formas de bombons e ovos de Páscoa penduradas nas paredes formam painéis incríveis!

antigo maquinário da chocolateria (imagem de http://www.flickr.com/54752974@N00)

charme nas paredes! (imagem de http://www.said.it)

lindas poltronas de couro antigas. (imagem de leo54.splinder.com)

Tudo acompanhado por belíssimos móveis antigos de madeira com gavetas abarrotadas de trufas decoradas, barras de chocolates preciosas e balas de amêndoas.

Sobre as grandes mesas, dentro de compoteiras de vidros, cestos de vime e arame estão uma infinidade de tipos cores, formas e sabores que existem só em sonhos de crianças!

DOCES! (imagem de http://www.said.it)

gavetas que guardam gostosuras! (imagem de http://www.said.it)

O mobiliário do restaurantes se resume a simples mesas e cadeiras de madeira clara porém misturadas com sofás com forte desenho retrô em capitonê, forrados em veludos fortes ou couro antigo.

belas balanças usadas! (imagem de http://www.said.it)

mesas e cadeiras simples e poltronas rebuscadas. (imagem de http://www.corriere.it)

veludo azul marinho no mobiliário retrô. (imagem de http://www.said.it)

Como um bom restaurante italiano não poderia faltar um jardim com plantas e fontana!

Um ambiente limpo e sem excessos que se aproveita de poucas peças de design mais rebuscado, criando um lindo contraste entre rusticidade e sofisticação. Os objetos inusitados e a riqueza dos metalizados são muito bem utilizados, proferindo bossa sem distorcer a linha estética almejada.

Um projeto com uma paleta neutra de madeiras, beges e brancos pontuados por fortes verdes, vermelhos, azuis e laranjas.

paleta neutra com toques escuros e quentes (imagem de http://www.said.it)

E como Deus vive nos detalhes, em tudo existe um cuidado especial, das flores singelas sobre as mesas as embalagens em papel pardo e ráfia…

a delicadeza dos detalhes... (imagem de http://www.said.it)

Um lugar que vale a pena conhecer…

www.said.it

um encanto de terrazza

30 maio

Neste período romano tenho vivido num apartamento na região da Universidade com outros quatro italianos.

Cheguei no início do inverno quando as portas e janelas são fechadas para evitar que o pouco calor da velha calefação escape…

Mas a primavera chegou e graças ao nosso bom Deus minha casa se abriu para o céu azul, para as manhãs ensolaradas e chuvas de fim de tarde!

A primavera européia tem um poder transformador sobre a natureza e sobre as pessoas!

Em poucos dias as plantas que pareciam mortas e sepultadas renascem abarrotadas de flores, os velhos sisudos passam a sorrir e dar buongiorno a todos na rua, as mulheres elegantíssimas trocam os casacos negros por vestidos floridos e o desejo surge nos olhos dos homens.

Aqui em casa a primeira medida desta estação foi ajeitar a terrazza… Trabalhamos muito como vocês podem ver pelas fotos!

Mas no final valeu a pena, ela ficou deslumbrante e agora até o pessegueiro está cheio de frutas!

Ficou tão deliciosa que eu tenho tomado meu café e estudado todos os dias lá!

O Alessandro diz que logo vão florir as outras plantas e tudo ficara coberto de flores, amarelas, roxas e rosas…

O carinho e importância que os italianos dão aos pequenos espaços de natureza é comovente e só se pode entender realmente depois de passar um inverno com árvores sem nenhuma folha…

terrazza no inverno. ANTES

terrazza no instante seguinte a reforma! DEPOIS

arranjo delicado

rue depois de tomar um solzinho

vista da sala

gerânios radioativos começaram a nascer…

pesseguinhos!

pesseguinhos!

vista da cozinha

regadores vigiando as plantas crescerem…

turbilhão de flores abrindo ao mesmo tempo

Uma curiosidade, ao fundo, ligado ao meu apartamento está um prédio em ruinas que foi bombardeado na segunda guerra mundial…

mercato di porta portese

28 maio

Já havia ouvido comentários e indicações sobre a feira de Porta Portese mas foi o comentário de um amigo de Roma que realmente despertou minha curiosidade de conhece-la:

– Lá você pode comprar o que quiser, é só imaginar. Quer uma roupa barata? Quer um cachorro? Quer uma geladeira velha? Quer um motorino? Quer uma corrente de bicicleta? Quer um isqueiro da década de 20? Quer uma camisa com desenho descolado? Quer uma cabeça de Júlio César em mármore? É só passar por lá, te garanto!

Como resistir a este comentário?

No domingo seguinte acordei em torno das dez horas, encontrei minhas amigas no Panteon, tomamos um cappuccino e um cornetto e seguimos a pé acompanhando o rio tevere e passamos o trastevere até a famosa porta.

O Mercato que estou falando é uma grande feira de rua, montada todos os domingos de manhã que dura até as duas da tarde.

O nome se deve a antiga Porta Portese, de onde inicia a feira e avança por várias outras ruas.

Uma mescla de Benedito Calixto , Feira de Acari, Feirão da Madrugada do Brás, bazares descolados da Vila Madalena e Mercado Mundo Mix…

Sempre lotada de italianos, turistas de todo o mundo, nigerianos vendendo estátuas em madeira, indianos com suas pratarias, latinos colocando música animadas, outros gritando “Ciao Bella” a todas as mulheres que passam…

Enfim, animada como toda feira deve ser!

Realmente pode se encontrar de tudo por lá e muitas vezes por um ótimo preço.

Existem partes requintadas com antiguidades e raridades, brechós com grifes famosas, óculos e bolsas vintages, itens de colecionadores, vinis extremamente bem conservados, móveise lustres impecáveis.  Outras são mais populares com roupas novas ou usadas muitas vezes dispostas em baciadas, echarpes coloridas e baratíssimas, sapatos de qualidade duvidosa mas bem charmosos, acessórios e cosméticos… Há também o ramo dos eletrônicos, o de jovens artistas descolados com seus vestidos, camisetas e bijuterias e os étnicos com artesanatos marroquino, africano, indiano…

Tão imensa que nunca consegui percorre-la inteiramente!

Quem passar por Roma e tiver a oportunidade deve conhece-la! Além de boas compras é uma oportunidade de conhecer um evento de rua tradicional e compreender um pouco da torre de babel que existe dentro desta cidade.

seguindo o rio Tevere

enquanto ainda estava vazia…

suco de melancia? também tem…

eletrônicos e quinquilharias mil que encantariam meu pai…

roupas de baciada

cosméticos com bom preço são uma raridade por aqui…

os mínimos detalhes em antiguidades…

roupas coloridas, baratas e bonitas!

muitas vezes se sente no Marrocos…

ou se preferir  no México…muito calor merece uma pausa num caffé bonitinho

algumas coca-colas… jovens artistas e suas bijus inspiradas

livros, sempre em todos os lugares

voltando ao Marrocos…

porcelana linda que me faz recordar a coleção de xícaras da minha avó…

cantoras arrumadas e com muito estilomolduras, molduras e mais molduras de todas cores, tamanhos, formatos

varal de lusres de cristal

na primavera não pode faltar plantas e flores

Alô?

encanto nas roupas di bambini

conchas de onde se escuta o mar…