Arquivo | novembro, 2011

desenhos e parceria…

29 nov


Durante muito tempo da minha vida procurei um “mestre”, alguém com que me identificasse artisticamente.

Ele orientaria meu trabalho e eu estaria sempre encantada pelo dele.

Ele seria duro, mas eu aprenderia muito…

Procurei durante a faculdade e depois pela vida e trabalhos mas nunca encontrei.

Talvez porque realmente eu seja muito critica, talvez transite entre diferentes mundos e temas, talvez por medo de me entregar tanto…

Ou simplesmente porque não tenho realmente o perfil de alguém que tem um mestre!

Mas o tempo passou e vejo que, embora não tenha tido um “mestre”, minha vida foi pautada por trocas riquíssimas com amigos e desconhecidos.

Penso que não é um mestre que devo procurar mas sim uma bela parceria! mas parceria é coisa complicada…

Já trabalhei com muita, muita gente!!!  Das mais loucas, as mais falsas, das mais carentes, das mais incompetentes e eis que descubro algumas que dão realmente certo!

Uma delas é especialmente querida, minha amiga Pri Ballarin!

Amo o trabalho dela, confio 100% no seu bom gosto, seriedade e honestidade e se não bastasse ainda temos uma dinâmica profissional muito afinada!

Estas são algumas ilustrações que fizemos juntas para uma peça de teatro sobre o estranhamento de uma menina crescendo…

Eu adorei e sem falsa modéstia achei que ficaram lindas!

Esta parceria está apenas começando, muitos desenhos ainda virão…

PS: estamos abertas a propostas de trabalho! Pode ser ilustrações de livros e apostilas,cartaz de teatro, de cartão natalino da sua empresa, calendário, etc, etc…

Anúncios

petit maison e seus novos moradores…

21 nov

suculentas tomando um solzinho...

cactus mais timidos ficam em silêncio no cantinho...

PS> Tom nomeou o cacto do canto como Mickey com catapora.

quando uma casa dorme tarde…

20 nov

sombras de uma casa que acorda cedo…

17 nov

bom dia...

minha cozinha…

15 nov

minha cozinha pronta para o jantar...

na primeira vista foi o que mais me assustou na petit maison!

a cozinha tinha todos rejuntes pretos e a pia mofada que por mais que esfregasse continuavam dando esse aspecto de imundice geral!!!

com pouco $$, quebrando a cabeça e usando minha criatividade e energia iniciei eu mesma esse “TAPA” para tornar minha cozinha minimamente habitável.

rejuntes negros e pia mofada no inicio...

milagre do rejunte branco!

pintando rejuntes...

Preenchi buracos e falhas com massa, lixei e pintei com muitas demãos todos os rejuntes com tinta especial.  Depois lixei e limpei todos os borrados nos azulejo.  Deu um muito trabalho, mas o efeito foi SURPREENDENTE como podem ver nas fotos!

pia branquinha sendo usada!

pastilhas na pia mofada...

Procurei pias baratas e prontas, porem o menor modelo era sempre 1,20m e a lá cabia apenas 1,10m!

na pia mofadissima bem seca apliquei massa plástica e coloquei pastilhas brancas (que haviam sobrado de uma antiga obra) que depois foram rejuntadas.

AH! o spot trocado por um branquinho novo.

mega super hiper  faxina e quando vi estava morta mas com uma cozinha bem mais branquinha do que havia imaginado!

Decidi colocar as prateleiras abertas para trazer cor a cozinha expondo minhas quinquilharias amadas e divertidas.

FINALMENTE MINHA COZINHA!!

Como poucas foram as coisas novas nesse apezito…

1. os espelhos de tomada e luz foram encapados com contact de bolinhas.

2. as prateleiras  velhas eram do quarto das crianças na casa de campo da tia kika que foram pintadas de vermelho por mim.

3. o saleiro e potes de temperos eram da minha mãe assim como o fogão.

4.  geladeira, canecas e xicaras são novos!

5.  quadrinho de casinhas feito por mim a mais de 10 anos!

6. tapete que dá um toque de felicidade eh da tokstok.

7. copos muito antigos feitos pelo meu avô são garrafas de cerveja cortadas.

8. jarrinha de prata foi presente da mãe que por sua vez ganhou de presente da casamento.

9. coqueteleira que ganhei de uma bêbada em um bar com a Tati Nolla!

10. lata de biscoito antiga da casa da minha vó!

11. cafeiteira moka italiana foi presente de um amor italiano…

enfim meu jantar!